Ervas e especiarias estimulam a queima de calorias e gordura (ervas para obesidade)


Ervas e especiarias estimulam a queima de calorias e gordura
 

Variar as ervas e especiarias na hora de temperar as sopas estimula o organismo a queimar calorias e ajuda a emagrecer até 4 kg em 20 dias

Para fazer você perder peso, no entanto, a sopa deve ser completa (combinar proteína magra e carboidrato complexo), sem deixar de ser leve. Esqueça também de acompanhá-la com pão, torrada e outros itens que pesam na balança. Feito isso, não tem erro: você emagrece! E dá para acelerar esse processo e entrar naquele jeans ainda mais rápido. Como? Capriche no tempero!

Invista principalmente em ervas e especiarias como alecrim, cardamomo, cúrcuma, gengibre, manjericão, orégano, pimenta e salsa. “São ingredientes que ressaltam o sabor sem acrescentar calorias”, diz a nutricionista Vanessa Leite, diretora da Clínica Emagrecimento, Saúde e Beleza, em Porto Alegre. Melhor ainda: aceleram a queima de gordura, desintoxicam, desincham ou combatem a inflamação nas células. Quando coloca esses temperos na sopa, você tende a usar menos sal, o que faz o organismo reter menos líquido. E tudo isso dá um bom empurrão na perda de peso.

A dieta tem mais um segredo para otimizar o resultado na balança: pôr na sopa pelo menos dois tipos de tempero e, no dia seguinte, mudar a combinação. Se você usar cúrcuma e salsa na segunda-feira, por exemplo, opte por pimenta e orégano na terça. “Variar esses ingredientes estimula o organismo a ficar menos resistente à perda de peso”, afirma Vanessa.

Mas, se existe uma receita leve e completa que você ama, sem problemas: prepare-a do jeito que está habi­tuada. E, claro, incremente-a com as ervas e especiarias que emagrecem – além de gostosa, sua sopa vai ganhar o poder de exterminar as gordurinhas. Delícia!

(do site BOA FORMA)
 
Tomar sopa no jantar é sempre uma boa pedida para emagrecer. Mas, no inverno, essa receita contra os quilinhos extras fica mais eficaz e gostosa. Consumida quentinha, espanta o frio e acalma a fome mais facilmente, deixando você satisfeita com menos comida. E, por ser líquida, rende uma refeição de fácil digestão, garantindo um sono tranquilo – mais um ponto a favor da dieta, como a ciência provou: quem dorme bem engorda menos!
 
 
Os condimentos acrescentados à sopa ajudam a acelerar a queima de calorias – Foto: Dreamstime


Ervas que afinam a cintura

Os temperos dão mais sabor à sopa, além de agitar o metabolismo, aumentando a queima de gordura. Também combatem a inflamação, o que deixa o organismo menos resistente à perda de peso. Combine-as a gosto.
 

Alecrim: contém substâncias antioxidantes, anti-inflamatórias e capazes de facilitar a digestão.

• Quanto adicionar à sopa: 2 ramos da erva fresca ou 1 colher (sobremesa) da erva desidratada por porção.

 

Cardamomo: os compostos bioativos desse tempero aceleram o metabolismo.


• Quanto adicionar à sopa: 1 colher (café) das sementes do cardamomo por porção.
 

Cúrcuma: essa raiz reduz a irrigação sanguínea no tecido adiposo, enfraquecendo a reserva de gordura. E, por ser rica em curcumina (pigmento amarelo-ouro), tem ação antioxidante e anti-inflamatória.

Quanto adicionar à sopa: 2 colheres (café) da cúrcuma em pó por porção.

 

 

Gengibre: em pó ou ralado, acelera em até 20% o gasto calórico graças à ação termogênica da substância zingiberine, presente em sua composição.

• Quanto adicionar à sopa: 1 pedaço (3 cm) de gengibre fresco ralado ou 1 colher (café) da raiz em pó por porção.

 

 

Manjericão: tem ação desintoxicante, livrando o organismo do excesso de toxinas.

• Quanto adicionar à sopa: 1 colher (sopa) de manjericão fresco por porção.

 

 

Orégano: estimula a produção de enzimas responsáveis pela digestão dos carboidratos (batata, pão). Também é antioxidante e levemente diurético.

• Quanto adicionar à sopa: 1 colher (sobremesa) de orégano fresco ou desidratado por porção.

 

 

Pimenta: rica em capsaicina (substância que dá o sabor picante), reduz a fome e acelera a queima de calorias.

• Quanto adicionar à sopa: 1/6 de pimenta dedo-de-moça sem as sementes picada ou 1/4 de colher (café) de caiena em pó por porção.

 

 

Salsa: tem efeito diurético (especialmente quando é aquecida), reduzindo a formação de gases e o inchaço abdominal. As substâncias presentes na folha também facilitam a digestão e ajudam o organismo a se livrar das toxinas.

• Quanto adicionar à sopa: 1 colher (sopa) de salsa fresca ou desidratada por porção.


Quanto mais variar, melhor

A partir de um caldo básico, você pode criar uma nova sopa a cada dia. Basta acrescentar alguns ingredientes e as ervas. Mas, se quiser, prepare uma única receita para a semana e mude apenas as especiarias, de acordo com a sua preferência:
 

 

Caldo básico


Ingredientes

• 1 col. (sobremesa) de óleo

• 1 1/2 cebola picada
• 3 dentes de alho
• 500 g de carne magra (coxão mole, patinho) ou de peito de frango cortado em cubos
• 1 cenoura em cubos
• 1 xíc. (chá) de abóbora (moranga ou japonesa) sem casca, cortada em cubos
• 1 nabo (110 g) sem casca, cortado em cubos (opcional)
• 2 litros de água fervente
• Sal a gosto
 

Modo de fazer


Em uma panela grande, aqueça o óleo e refogue a cebola com o alho e, em seguida, a carne (ou frango). Acrescente a cenoura, a abóbora e o nabo e refogue por mais alguns minutos. Junte a água fervente, tampe a panela e deixe cozinhar por cerca de 40 minutos. Espere esfriar, retire a carne ou o frango (reserve para outras preparações). Bata no liquidificador e guarde na geladeira (ou congele) em porções individuais.
 

Rende: 8 porções

Calorias por porção: 37