Flores

Flor

A Flor (Latin flos, floris; Francês fleur; Inglês Flower), é o sistema reprodutivo de alguns tipos de plantas (plantas Magnoliofita, também chamdas angiospermas). Pode ser considerada também como um ramo modificado da planta para a função da reprodução em que os entre-nós se encontram reduzidos e em cujos nós se encontram estruturas que se podem considerar como folhas modificadas (pétalas).

As flores contém as estruturas reprodutivas da planta e sua função é produzir sementes. Para esta reprodução, a flor se utiliza do vento e de animais e insetos que, ao entrar em contato com sua estrutura reprodutiva, levam o pólem para outras plantas. A esta dinâmica de fertilização das plantas chamamos de polinização. As abelhas são os insetos mais popularmente conhecidos que realizam este trabalho tão importante para a natureza.

Depois da fertilização, algumas flores de desenvolvem como frutos, que contém as sementes.

A flor é o órgão reprodutivo das plantas angiospermas. Flores que apresentam órgãos reprodutores de ambos os sexos, masculino e feminino, são chamadas de hermafroditas (ou monóica). Já as flores que apresentam órgãos reprodutores de apenas um dos sexos (masculino ou feminino) são chamadas dedióica.

Uma flor hermafrodita é geralmente constituída por quatro conjuntos de folhas modificadas, os verticilos florais. Os verticilos se inserem em um ramos especializado, denominado receptáculo floral. Os quatro verticilos florais são o cálice, constituído pelas sépalas, a corola, constituída pelas pétalas, o androceu, constituído pelos estames, e o gineceu, constituído pelos carpelos.

Flores completas e incompletas

Uma flor que apresenta os quatro verticilos florais, ou seja, cálice, corola, androceu egineceu, é uma flor completa. Quando falta um ou mias desses componentes a flor é chamadaincompleta.

Cálice, corola e perianto

As sépalas são geralmente verdes e lembram folhas. São as partes mais externas da flor e a sua função é cobrir e proteger o botão floral antes dele se abrir. O conjunto de sépalas forma o cálice floral.
Pétalas são estruturas geralmente coloridas e delicadas e se localizam internamente às sépalas. O conjunto de pétalas forma a corola.

O conjunto formado pelos dois verticilos florais mais externos, o cálice e a corola, é denominado perianto (do grego Peri, em torno, e anthos, flor).

As flores e o seu poder de atrair boas vibrações

por FABIANE SOARES MARTELLO

As flores encantam e despertam inúmeros sentimentos nas pessoas, tanto que quando queremos dizer a alguém o quanto a amamos e nos importamos com ela, damos flores. Algumas, inclusive, culturalmente representam determinados sentimentos, seja por sua forma ou por sua cor. Mas o fato é que elas também atraem boas vibrações melhorando a energia do ambiente e das pessoas. Segue abaixo algumas dicas de flores e seus efeitos.

• Amor-perfeito, camélia e lírio tigrado: Ajudam a promover a harmonia e o entendimento familiar. Arranjos com estas flores devem ser colocados nos ambientes em que a família mais se reúne.

• Tulipa, primavera, comigo-ninguém-pode e solidago (tango): Para prosperar profissional e financeiramente use principalmente no ambiente de trabalho arranjos com estas flores.

• Evitar doenças e proteger a saúde: use ervas como manjericão, alecrim e sálvia mesclado aos arranjos florais.

• Margarida e calêndula: São flores que estimulam a criatividade. Ideais para ambientes de estudo e trabalho.

• Licônia e rosa: Estimulam a sexualidade e a paixão. Pequenos arranjos no quarto do casal podem fazer uma grande diferença. As rosas, independente da cor, promovem o mesmo estimulo.

Lembrete: Procure usar as flores em vasos que combinem com o astral desejado e o estimulo proposto pelas plantas, pois as cores também vibram e uma pode acabr interferindo na função da outra. Um bom exemplo é não usar camélias em vasos escuros.
Outro item importante a ser considerado é a vitalidade e a saúde das flores, mantenhas livres de pragas e doenças, e quando elas estiverem começando a morrer devem ser substituídas para evitar a atração de energias negativas.