Geoterapia corporal

Geoterapia

 

A Geoterapia é uma terapia natural que se utiliza das propriedades medicinais da terra e do barro, gerando assim um equilíbrio corporal, restabelecendo e recuperando a saúde. A geoterapia pode ser usada tanto de modo preventivo como auxiliar no tratamento de doenças.
As características terapêuticas da argila existem por ser ela uma substância similar as substâncias que constituem os tecidos do nosso corpo, a argila é rica em minerais que o corpo ultiliza para nutrir e depurar elementos que são absorvidos pelas células e eliminados por ela.
O início do processo de vida biológica na terra se deu sob a superfície da argila, quando surgiram os primeiros seres vivos, rica em minerais e água a argila tem a composição perfeita para a formação de tecidos vivos.
 
Propriedades da argilaterapia                                                      
·         Retenção de água: absorve a água por capilaridade, útil para absorver as secreções.
·         Retenção de calor: boa condutividade calórica, a argila distribui ou retira o excesso de calor interno, age também como isolante e esfria com muita rapidez no caso de uma inflamação.
·         Retenção de gazes: acumula gazes, vapores e odores, tem uma boa ação nos gases tóxicos armazenados no intestino.
·         Estado coloidal e adsorção: promove a troca de partículas através da superfície, gerando a adsorção, processo intermediário para a absorção. Absorve as toxinas e outras secreções de feridas ou úlceras da pele e mucosas inflamadas, e do sistema gástrico e digestório em geral.
poder de absorção da argila é capaz de retirar do interior de um organismo a febre interna. Isso é demonstrado com uma simples aplicação, depois de alguns minutos a argila fica mais quente na região onde há esse calor interno. No corpo humano a argila absorve tudo o que é mau.
A argila pode ser ingerida ou aplicada no local em forma de compressa ou cataplasma.
·         Uso Interno: Por via oral é indicada para doenças do aparelho digestório, infecções da boca e garganta, envenenamento, reumatismo, alergias.
·         Uso externo: Na forma de compressas frias ou quentes, utilizando, se necessário, cataplasmas de ervas, extraindo assim todos os princípios ativos da geoterapia e da fitoterapia.
Indicações de Tratamento com Argilaterapia / Geoterapia
Inflamações diversas, úlceras e gastrite, eczemas, erisipela, febres internas e externas, infecções, prisão de ventre, nervos, picadas venenosas, cólicas dos rins, fígado e vesícula, queimaduras, fraturas, contusões, acne, hemorragia, tratamentos de pele, vermes, olhos, dentes, hérnias, varizes, ciática, congestão, enxaquecas, assaduras, faringite, amidalite, coluna vertebral, sinusite, pulmões, hepatite, rins, feridas, gravidez, etc.
 

Os Tipos de Argila Mais Conhecidos

Recolhidos de diferentes solos e ambientes, os tipos de argila variam em textura e cor (branco, preto, azul, amarelo, vermelho, verde, marrom, cinza e rosa) por causa das diferenças de seu conteúdo mineral.
Branca: Rica em minerais, a argila branca é mais suave e seu poder de absorção menor quando comparado, por exemplo, à argila verde. Sua ação limpa e clareia a pele. Abundante em silício, auxilia na formação de colágeno elastina, suavizando e tonificando a pele.
Amarela: Restaura, refresca e tonifica a pele, retardando o envelhecimento cutâneo.
Vermelha: Possui alta presença de óxido de ferro. Tem ação rápida e é forte vaso dilatador. Também é rica em elementos residuais (“trace elements”Minerais necessários ao bom desenvolvimento e funcionalidade metabólica de todos os organismos vivos).
Rosa: Possui uma mistura equilibrada de óxido de ferro, sílica e sais minerais. Sua capacidade de absorção é média e seu uso é recomendado para todos os tipos de pele, mas é especialmente indicado para peles sensíveis e delicadas. Eficiente na limpeza cutânea; deixa a pele lisa e tonificada.
Marrom: Uma argila incomum, possui alto teor de sílica, magnésio, ferro, cálcio, potássio e sódio. Por causa de suas propriedades adstringentes e absorventes é efetivo para desintoxicação da pele. Em testes clínicos, tem se mostrado efetivo para restaurar elasticidade cutânea, desobstruir poros e remove a oleosidade superficial e células mortas da pele.
Verde: Capacidade de absorção superior á argila branca. Possui propriedades analgésicos e anti-inflamatórios o que o torna beneficial contra dores musculares, inchaços e condições reumáticas. Cosmeticamente é conhecida por sua habilidade de estimular a circulação sanguínea e linfática e tonificar e fortalecer os tecidos conexivos.
Cinza: A argila com maior poder cicatrizante, é usada para recuperar situações cirúrgicas por aumentar a divisão celular ao redor do tecido sobre qual é aplicada.
Azul: A argila azul não é só apropriado para mulheres mas é também muito indicado para pele masculina. Muito rica em minerais e micro e macro elementos:
(ex. fosfato, ferro, magnésio, cálcio, silício e potássio, zinco) numa forma que permite poder ser facilmente absorvidas pela pele. Algumas de suas características principais são: Alta capacidade de absorção e alta capacidade de troca de íons, o que é importante nos processos de desintoxicação. Promove o fluxo de sangue aos tecidos onde é aplicado.
Preta: Um material muito nobre, retirado de uma profundidade superior a quatro metros. O baixo percentual de ferro na argila preta torna seu uso em cremes, pó, batom e rímel muito popular. Favorece a reprodução celular e nutre profundamente a pele.