Oleos Vegetais


Óleos Vegetais

 

 

(em desenvolvimento)

 

O óleo vegetal é uma gordura extraída de plantas formada por triglicerídio. Apesar de, em princípio, outras partes da planta poderem ser utilizadas na extracção de óleo, na prática este é extraído na sua maioria (quase exclusivamente) das sementes.

Os óleos vegetais são utilizados como óleo de cozinha, pintura, lubrificante, cosméticos, farmacêutico, iluminação, combustível (biodiesel ou puro) e para usos industriais. Alguns tipos de óleos, tais como o óleo de colza, algodão ou rícino são impróprios para consumo humano sem o devido processamento prévio.
Como todas as gorduras, os óleos vegetais são ésteres de glicerina e uma mistura de ácidos gordos e são insolúveis em água, mas solúveis em solventes orgânicos.
Tem sido gerador de impactos ambientais, pois jogado em pias, pode causar grandes danos às tubulações e ao meio-ambiente.

Fontes:

Óleos à base de sementes
  • caju
  • semente do rícino (mamona) — óleo de rícino
  • semente do linho — óleo de linhaça
  • semente da uva — óleo de uva
  • semente de cânhamo — óleo de cânhamo
  • semente de mostarda – óleo de mostarda
  • semente da papoila — óleo de papoila
  • colza — óleo de colza
  • semente de sésamo — óleo de sésamo
  • Semente de girassol — óleo de girassol
  • Semente de algodão — óleo de algodão

 

Outros óleos vegetais
  • amêndoa
  • alperce
  • abacate
  • milho — óleo de milho
  • arroz — óleo de arroz
  • algodão
  • coco — óleo de coco
  • avelã
  • neem
  • azeitona — azeite
  • palma — óleo de palma
  • amendoim — óleo de amendoim
  • abóbora
  • soja — óleo de soja
  • noz

 

Por sua semelhança com a estrutura da pele, os óleos vegetais reagem melhor com o tecido e permitem que tanto a água, como outros princípios ativos existentes nos cosméticos aplicados sejam bem absorvidos.

 

Extraídos principalmente das sementes de plantas e frutas, os óleos vegetais aumentam a proteção da pele e cabelos contra a perda excessiva de líquidos, permitem a respiração cutânea e assimilam a luz solar. Quando aplicado na pele ou cabelos, grande parte do óleo vegetal é absorvida e processada pelas enzimas, ao contrário dos óleos minerais, que podem causar danos, como o entupimento de poros por serem derivados do petróleo, repelindo a água e impedindo a absorção de ativos de base hídrica.

 

Os óleos vegetais são denominados óleos carreadores, por servirem de portadores ou de veículos para diluir e dar volume ao óleo essencial.

 

Características de alguns óleos vegetais carreadores:

 

Açaí : Sua estrutura é principalmente composta de: antocianidinas, fitoesteróis, ácidos graxos essenciais (EFAs) e vitamina C.Com uma potente ação antioxidante, possui até 50% de Ácido Linoléico (Ômega-6) e até 30% de Ácido Olêico (Ômega-9).

 

Abacate: Com vitaminas A, B1, B2, D and E, proteinas e D-Pantenol (Vit.B5). Ele também contem os minerais potássio e mágnésio. É empregado na hidratação e proteção da pele dos raios solares. É um óleo pesado e por este motivo recomenda-se misturá-lo a outro óleo carreador.

 

Óleo de abacate não-refinado (Persea americana): Também prensado a frio e filtrado sem o uso de solventes. O óleo é derivado da polpa do fruto e não do caroço, pois o óleo presente no caroço é tóxico. O óleo contém uma alta proporção de ceras e é rico em proteínas, vitaminas (A, B e D) e sais minerais. O óleo turva-se naturalmente em dias de baixa temperatura e solidifica-se quando resfriado. A indústria cosmética considera esta característica natural do óleo não atrativa à venda e tende a refinar o óleo, o que leva à remoção das propriedades que distinguem o óleo de abacate dos outros óleos vegetais como as vitaminas, proteínas e sais minerais. O óleo refinado não turva-se a baixas temperaturas é inodoro e sem cor, enquanto o natural não-refinado retém a cor verde escuro, freqüentemente possui resíduos e possui um odor forte de nozes.

 

Andiroba: É emoliente, anti-séptico, antiinflamatório, cicatrizante, regenerador de tecido cutâneo,além de ser formador de filme oclusivo.

 

Amêndoa doce: Rico em vitaminas A e B, é emoliente, tem alto poder penetrante. Possui propriedades, hidratante, amaciante e nutritiva.

 

Castanha do Pará: Obtido da prensagem das nozes. Constituído de 67% de ácidos graxos insaturados, além de proteínas, sais minerais e vitaminas A e B. Ótimo para tratar cabelos secos, deixando-os sedosos e com brilho. O uso freqüente deste óleo intensifica os cabelos pretos

 

Coco – Babaçu (Orbignya oleifera), Coco da Bahia (Cocus nucifera), Murumuru, Palmiste (Elaeis guineensis): de fácil absorção, emoliente e nutritivo, rico em Vit.E

 

Gergelim: Excelente para todos os tipos de pele, especialmente com problemas de eczema, psoríases .Lubrificante, emoliente, antiinflamatório e restaurador de camada lipídica.

 

Óleo de gergelim não-refinado (Sesamum indicum):

O óleo obtido por prensagem a frio das sementes e contém vitaminas A, B e E. É empregado na hidratação e proteção dos raios solares.

 

Gérmen de trigo: Vitaminas E, B1, B2, B5, B6 e PP, além de lipídios, lecitina e aminoácidos agem sobre as estruturas vasculares, regeneram, nutrem e conferem elasticidade à pele e aos cabelos. Utilizado em blends, como antioxidante, por conter alto teor de vitamina E, sendo um ótimo conservante. Importante no tratamento de cabelos secos.

 

Girassol: Rico em vitaminas E, A, C, and D e minerais,de fácil absorção é amaciante e hidratante Tem ação emoliente e revitalizante. Facilmente absorvido pela pele, contém alta concentração de vitamina E, recomendado para peles delicadas e secas/cabelos. Média oleosidade, excelente óleo base, para todos os tipos de pele.

 

Jaborandi: A policarpina atua sobre a matriz dos fios de cabelos.

 

Jojoba (Simmondsia chinensis): Penetra rapidamente na pele, nutrindo-a. Suavizante e hidratante para peles secas e maduras. Óleo de grande compatibilidade com a pele humana, fornecendo maciez aveludada. Auxilia no controle do acúmulo de sebo na acne vulgar, devolvendo a oleosidade natural da pele. Ajuda na cura de peles inflamadas ou em peles com psoríases ou qualquer forma de dermatites, sendo excelente para o tratamento e o controle de peles acnéicas, oleosas. Elimina os acúmulos de agentes no couro cabeludo que podem provocar a caspa, sendo eficaz em seu tratamento. Deixa o bulbo limpo e livre para o crescimento de novos fios. É um óleo antioxidante natural, ajudando outros óleos a não rancificarem rapidamente, agindo como nenhum outro óleo no mundo. Bom para diluí-lo com outro carreador. Utilizado na elaboração de óleos aromáticos e, quando diluído com óleo essencial, funciona como perfume ou para tratamentos faciais. Excelente coadjuvante em óleos de massagens, óleos de corpo e para tratamento capilares. Média oleosidade, balanceador da pele, equilibrando-a.

 

Linhaça: É uma rica fonte de ácidos graxos essenciais: ômega 3, ômega 6 e ômega-9.

 

Neen (Azadirachta indica): Dentro da cosmética, o óleo de neem atua restaurando a maciez e elasticidade natural da pele, enquanto age como um desinfetante da mesma. Neem também pode ser adicionado ao shampoo, óleo pós-banho e cremes hidratantes. Excelentes propriedades antifúngicas são relatadas. Trata a queda de cabelo e descamação da pele.

 

Maracujá: O fruto é rico em vitaminas A e C, minerais como cálcio, ferro e fósforo. Na indústria cosmética é utilizado em cremes, xampus, loções, óleos, sabonetes, entre outros.

Óleo com ervas e especiarias em duas garrafas

Oliva: Tem ação regenerativa em virtude da sua alta concentração de ácido oléico, excelente emoliente. Muita oleosidade, bom para ser diluído com outro óleo carreador.

 

Rosa Mosqueta: Rico em ácido linoléico, revitaliza a pele. É uma excelente fonte de vitamina C.

 

Semente de Uva: Óleo usado em aromaterapia e massagem, considerado um bom óleo carreador. Compatível a todos os tipos de pele e de fácil absorção. Contém vitamina E, alta porcentagem de ácido linolêico, assim como outras vitaminas e sais minerais.

O óleo de semente de uva normalmente comercializado é extraído por solvente (processo de infusão em óleo de soja) , refinado e desodorizado. É indicado no tratamento de obesidade, celulite e estrias, pois auxilia na elasticidade dos tecidos, reduz o inchaço e o edema, restaura o colágeno e melhora a circulação periférica. Atua como excelente antioxidante.

 

Semente de Abóbora (Curcubita peppo): O óleo é extraído das sementes da abóbora por prensagem a frio. Atualmente têm sido considerado um dos melhores produtos naturais para o tratamento e prevenção queda de cabelo. O óleo de semente de abóbora auxilia no combate ao DHT, que é o hormônio que penetra nos receptores dos folículos pilosos, iniciando um processo de miniaturização, enfraquecimento e perda dos cabelos.

 

Soja: Com baixa taxa de gorduras saturadas, o óleo extraído dessa leguminosa é uma excelente fonte de ácidos graxos essenciais e dermo-compatíveis que restauram camada protetora da pele: 55% de ácido linoleico, 7% de ácido linolênico e 24% de ácido oléico. Possui propriedades nutritiva e emoliente

 

Características de algumas manteigas vegetais:

 

Manteiga de Açaí: Rica em ácidos graxos e essenciais; Ômega 3, 6 e 9; fitosteróis; vitamina C e polifenóis (antocianinas). Recomendada para produtos anti-idade e produtos pós-sol.

 

Manteiga de Cupuaçu: Possui extrema capacidade de absorção de água, superior à lanolina e outros esteróis de origem vegetal ou animal. A manteiga de cupuaçu é um emoliente que promove toque agradável, macio e suave, facilitando a umidade natural e elasticidade com grande eficácia em cabelos secos, onde através da sua alta absorção de água promove uma boa hidratação trazendo de volta a elasticidade.

 

Manteiga de Cacau: Usada como emoliente, contém antioxidantes naturais e ácidos graxos essenciais com propriedades nutritivas e hidratantes que evitam a perda de água. A indústria cosmética também utiliza a casca e os grãos do cacau, ricos em teobrominas e cafeínas, ativos com propriedades antioxidantes.

 

Manteiga de Karité: usada para hidratar a pele e os cabelos. É considerada um produto multiuso, que garante pele macia, hidratada,proteção solar eficaz, cabelos brilhantes, couro cabeludo saudável, efeito antipoluição.

 

fonte: “Aromacologia,uma ciência de muitos cheiros” – Sonia Corazza, “Aromaterapia “- Marcel Lavabre.