PRODUTOS ORGÂNICOS: quando um produto pode ser considerado orgânico?

PRODUTOS ORGÂNICOS

Fonte: http://www.viaorganicaemcasa.com.br/

beneficios-dos-produtos-organicos-dica-alimentação-blog-dani-rigo-selo-organico

O princípio da agricultura orgânica é produzir alimento saudável para o homem e ao mesmo tempo enriquecer o ambiente natural onde é produzido. Ao contrário da agricultura convencional que esgota os recursos naturais, a agricultura orgânica busca acrescentar vida e diversidade ao meio ambiente.

Portanto, para que um produto seja considerado orgânico não basta apenas não usar agrotóxicos. São muitas as exigências a serem cumpridas para que seja obtida a certificação:

1. O solo deve estar completamente limpo de qualquer resíduo industrial ou tóxico antes que se inicie o plantio.

2. É terminantemente vetado o uso de fertilizantes, herbicidas, fungicidas ou inseticidas químico-industriais. A fertilização da terra é feita através do emprego de compostos orgânicos naturais e limpos, preparados a partir de insumos tais como capim e aveia (especialmente plantados para esse fim) cascas, farinha de ossos, húmus de minhoca etc. As pragas são controladas de forma criativa e equilibrada, utilizando-se seus próprios inimigos naturais ou preparados homeopáticos.

3. A irrigação é feita com água pura de mina submetida periodicamente a exames laboratoriais.

4. O plantio obedece à rotação de cultura, bem como o descanso periódico de áreas de cultivo para que o solo seja constantemente renovado evitando seu esgotamento.

5. Todo produtor orgânico preserva as matas ciliares (aquelas  que margeiam os rios, córregos e nascentes) de modo a evitar o assoreamento, mantendo o fornecimento constante de água pura além de preservar a biodiversidade da região

6. Os cuidados com a higiene no manejo das culturas e na manipulação dos alimentos colhidos e processados também é exigência importantíssima no processo de certificação.

7. Havendo funcionários, estes são contratados de acordo com a legislação trabalhista em vigor, e dispõem de boas condições de trabalho e remuneração justa.

produto-organico2

A CERTIFICAÇÃO

A certificação é a garantia de que o produto que você está comprando é, de fato, um produto orgânico. As certificadoras são organizações não governamentais, várias delas com reconhecimento internacional, que realizam a fiscalização das propriedades e de cada cultura, além de prestarem orientação e assistência aos produtores.

Portanto, ao adquirir um produto orgânico, verifique se possui o selo de certificação. Caso contrário, não aceite.

A RASTREABILIDADE

Cada produtor orgânico recebe um número de registro de sua certificadora. A partir daí, tudo o que ocorre na propriedade é minuciosamente anotado e supervisionado, desde a obtenção de sementes, passando pela plantação, colheita até a destinação do produto, tudo é registrado diariamente Deste modo, todo produto orgânico pode ser rastreado. Podemos saber de onde veio, como foi transportado, quem plantou, quando plantou e, até mesmo, qual a origem da semente.

alimentos-orgnicos-porque-consumir-14-638OS BENEFÍCIOS

1. Você promove a sua saúde e de sua família livrando-se de resíduos tóxicos e consumindo alimentos com mais vitalidade e maior quantidade de nutrientes pois são cultivados em solos extremamente vivos, ricos em minerais, fervilhantes de microorganismos. Cada vez mais, pesquisas científicas comprovam que os alimentos cultivados de forma orgânica são mais ricos em nutrientes.

2. Os pratos ficam mais coloridos e saborosos pois tudo é colhido na época certa e vem fresquinho, diretamente da colheita.

3.  A natureza agradece pois o cultivo orgânico revitaliza o solo, recupera as matas e nascentes, preserva a fauna e a flora, recompõe áreas degradadas, reconstituindo a biodiversidade e contribuindo para a saúde do planeta e das gerações futuras.

4.  Você contribui para promover uma vida digna aos produtores rurais, fortalecendo seus vínculos com a terra, preservando as comunidades locais, sua cultura e seu saber.

……………

10 motivos para consumir orgânicos

 Nem precisa pensar muito. Leia abaixo e descubra as vantagens de consumir produtos orgânicos!

 1. Evita problemas de saúde causados pela ingestão de substâncias químicas tóxicas. Pesquisas e estudos tem demonstrado que os agrotóxicos são prejudiciais ao nosso organismo e os resíduos que permanecem nos alimentos podem provocar reações alérgicas, respiratórias, distúrbios hormonais, problemas neurológicos e até câncer.

 2. Alimentos orgânicos são mais nutritivos. Solos ricos e balanceados com adubos naturais produzem alimentos com maior valor nutritivo.

 3. Alimentos orgânicos são mais saborosos. Sabor e aroma são mais intensos – em sua produção não há agrotóxicos ou produtos químicos que possam alterá-los.

 4. Protege futuras gerações de contaminação química. A intensa utilização de produtos químicos na produção de alimentos afeta o ar, o solo, a água, os animais e as pessoas. A agricultura orgânica exclui o uso de fertilizantes, agrotóxicos ou qualquer produto químico; e tem como base de seu trabalho a preservação dos recursos naturais.

 5. Evita a erosão do solo. Através das técnicas orgânicas tais como rotação de culturas, plantio consorciado, compostagem, etc., o solo se mantém fértil e permanece produtivo ano após ano.

 6. Protege a qualidade da água. Os agrotóxicos utilizados nas plantações atravessam o solo, alcançam os lençóis d’água e poluem rios e lagos.

 7. Restaura a biodiversidade, protegendo a vida animal e vegetal. A agricultura orgânica respeita o equilíbrio da natureza, criando ecossistemas saudáveis. A vida silvestre, parte essencial do estabelecimento agrícola é preservada e áreas naturais são conservadas.

8. Ajuda os pequenos agricultores. Em sua maioria, a produção orgânica provém de pequenos núcleos familiares que tem na terra a sua única forma de sustento. Mantendo o solo fértil por muitos anos, o cultivo orgânico prende o homem à terra e revitaliza as comunidades rurais.

9. Economiza energia. O cultivo orgânico dispensa os agrotóxicos e adubos químicos, utilizando intensamente a cobertura morta, a incorporação de matéria orgânica ao solo e o trato manual dos canteiros. É o procedimento contrário da agricultura convencional que se apoia no petróleo como insumo de agrotóxicos e fertilizantes e é a base para a intensa mecanização que a caracteriza.

10. O produto orgânico é certificado. A qualidade do produto orgânico é assegurada por um Selo de Certificação. Este Selo é fornecido pelas associações de agricultura orgânica ou por órgãos certificadores independentes, que verificam e fiscalizam a produção de alimentos orgânicos desde a sua produção até a comercialização. O Selo de Certificação é a garantia do consumidor de estar adquirindo produtos mais saudáveis e isentos de qualquer resíduo tóxico.

Fonte: Ambiente Brasil

Leia on-line a cartilha: Por que consumir orgânicos