Programas de Naturologia Integrativa – Naturoterapia:

Programas de Naturologia Integrativa – Naturoterapia:

A Naturologia (chamada também de Naturopatia), aborda o paciente de forma holística, como um todo, integrando e indo além das partes. Os tratamentos são específicos para cada pessoa.

Chamamos de  Naturologia Integrativa por integrar o ser no todo e por integrar formas bem sutis de autocura. Como é uma Sabedoria é também chamada de Naturosofia (do grego sophis = sabedoria).

A Naturologia é uma medicina ou terapeutica natural é uma medicina alternativa complementar, que enfatiza a capacidade intrínseca do corpo para curar-se e vitalizar-se. Naturopatia é um termo que foi utilizado pela primeira vez, em 1885, pelo Dr. John Scheel  e em 1902  por Benedict Lust. Os verdadeiros Naturopatas ‘cuidam’ do ‘paciente’ de forma diferenciada, não como paciente, mas como um participante do processo, utilizando também  recursos naturais como ervas e alimentos ao invés de fármacos sintéticos e cirurgias. Quando isso é necessário há um encaminhamento para um médico alopático para se trabalhar junto. A naturologia inclui muitas modalidades de tratamento, tendo uma abordagem holística (inteiro ou todo – um sistema como um todo determina como se comportam as partes) da assistência ao paciente.

Na Naturologia, o paciente é percebido como se fosse único e os tratamentos são específicos para cada um.

Programas de Tratamento Naturoterapeuticos:

– 1- Purificação – Desintoxicação,

– 2- reviitalização, rejuvenescimento (inclui sistema imunológico)

– 3- harmonizacao alimentar e Harmonia Digestiva

– 4- harmonização feminina ou masculina

– 5 – Equilíbrio endócrino e neural

– 6- harmonia psíquica e reconexão corpo-mente (coração-cérebro-mente),

– 7- despertar da consciência e autorealização (espiritualidade)

– 8- programa integral – completo : programa que inclui todos os programas de forma que haja uma harmonização e integração completa e c/ personalização conforme o necessário.

*Os programas tem uma forma básica, mas são adaptados individualmente, ou seja, são personalizados.

* Programação especial p/ obesidade, streess, equilíbrio feminino, desequilíbrio bio-psíquico e doenças crônicas

Permeando as práticas terapêuticas há o estudo e aplicação das terapêuticas indianas, tradicionais chinesas, tibetanas, tradicionais indígenas (Sibéria e Américas), assim como psicologia ocidental e sabedoria (incluindo psicologia e espiritualidade – não religiosa) oriental e perene:

. Aconselhamento dentro dos princípios das Terapias naturais: Sabedoria Original (Brahman Vidya) – ( inclui Outras teorias da medicina chinesa, ayurveda, tibetana etc – . Conscienciologia – Psicologia e espiritualidade aplicada na cura)
– Terapia Corporal integrativa (Chiktsahastha): massoterapia integrativa
– Treinamento corporal: (baseado em hatha yoga, chi kung o, dança integrativa)
– Terapia vibracional integrativa (mantras de cura -mantrachikitsa, visualizações de cura – yantrachikitsa, imposição de mãos, etc) – sukraojaspranaagnichikitsa /Sukrajaspranaagni Shakti chiktisa,
– Terapia do som (mantras, musicoterapia, etc) (mantrachikitsa), Terapia com pedras e cristais (tbem elixires vibracionais) (Rasayanachikitsa), Cromaterapia (Varnachikitsa),
– Fitoterapia, Florais brasileiros (Oshadhichikitsa), hidroterapia (apaschikitsa), .Aromaterapia (Gandhachikitsa),Terapia Nutricional ou Dietoterapia (também o uso de especiarias na alimentação),.
– Técnicas de respiração e relaxamento, Técnicas meditativas de cura (yogachikitsa) / visualização diretiva, imaginação ativa
–  Sintonizações de Cura (Pujachikitsa) e Círculos de Cura (Mandalanchikitsa)
. Métodos de purificação (desintoxicação), revitalização, rejuvenescimento, reharmonização digestão e obesidade, reharmonização feminina, re-harmonizaçao imunológica/proteção, re-conexão corpo-mente-alma, despertar consciência etc
. Técnicas e Prática de diagnostico: Tipologia integrativa (baseada nos elementos e arquétipos primordiais), Análise de anamnese avançada, Mapeamentos biopsíquicos (pela análise de meridianos, tsubos, marmas, pela Radiestesia e Radiônica, pela análise da época de nascimento – pelos astros, etc, com numerologia e afins)

 

 

 

 

Tais tratamentos são bem relacionados a homeopatia, ortomolecular e não pretendem substituir os tratamentos da medicina alopática.

Os profissionais naturopatas não tratam apenas os sintomas de seus pacientes, mas também desenvolvem uma série de técnicas para encontrarem a causa  da doença. Observa-se também a conduta emocional, o caráter, os padrões mentais, o modo de vida, suas motivações etc.  São utilizados diversos exames clínicos tais como: palpação, avaliação das unhas, pulso, observação da fala, língua, ouvidos, entre outros, como radiestesia (as vezes com aparelhos que medem as vibrações, energia etc)

A Naturologia (do grego λογος – logos = estudo, do Latim, natura,  de nascere = nascer e urus = sufixo do particípio futuro de oritur = surgir, gerar, a força que gera – palavra utilizada para referenciar a natureza) é o estudo da natureza, desta força geradora de vida externa e interna (dentro de cada ser ‘natural’). É uma área da saúde que utiliza métodos naturais, tradicionais e modernos de cuidado, tratamento e terapia, visando a promoção, manutenção e recuperação da saúde, equilíbrio e harmonia do corpo-mente, a melhoria da qualidade de vida e de trabalho e a sintonia do ser com o meio em que vive.  A Naturologia ganhou espaço pois atualmente, os processos de saúde são considerados como desencadeadores do bem estar e da qualidade de vida e estão intrinsecamente relacionados aos níveis psíquicos, emocionais, físicos e sociais.

Num Fórum de Naturologia, em 2009 em Santa Catarina, definiu de forma oficial e homologada a Naturologia como: “um conhecimento transdisciplinar que atua em um campo igualmente transdisciplinar. Caracteriza-se por uma abordagem integral na área da saúde pela relação de interagência do ser humano consigo, com o próximo e com o meio ambiente, com o objetivo de promoção, manutenção e recuperação da saúde e da qualidade de vida.”

A Naturologia utiliza-se de técnicas naturais de tratamento sobre a prevenção, a promoção e a manutenção da saúde tendo como apoio pesquisas e estudos que contribuam para a validação das mesmas. Não visa em hipótese alguma realizar o diagnóstico físico do ser humano, deixando esse aspecto para as áreas médicas competentes e se atendo unicamente à diagnose energética.

Dentro do processo terapêutico, o naturólogo – profissional de Naturologia, se preocupa em compreender a problemática inicial de forma não-segmentada, buscando o equilíbrio em diversos níveis.9 , sempre resguardando a livre escolha e a integridade do seu interagente  .

O processo naturológico visa em primeira instância, o tratamento do ser humano com seus processos de saúde e desequilíbrio, que causam as doenças, trabalhando em conjunto com outras áreas da saúde. O naturólogo tem o importante papel de fazer um trabalho observando seu campo de atuação diante de um caso, mas também fazendo os devidos encaminhamentos para os demais profissionais da saúde – fisioterapeutas, médicos, psicólogos, dentistas, nutricionistas, entre outros.

O naturólogo é um estudioso das práticas naturais. Possui uma visão integrativa do processo saúde-doença, difundindo o conhecimento sobre os conceitos e os métodos utilizados pelas comunidades tradicionais e os tratamentos modernos para utilizar, orientar, ensinar e divulgar os recursos naturais para promoção, manutenção e recuperação da saúde.

Entre os conhecimentos usados por esta prática, destacam-se disciplinas da área de humanas (como: fundamentos de psicologia, embasamentos filosóficos, antropologia, gestão em saúde), disciplinas da área da saúde (morfologia humana, processos funcionais e patológicos, etc) e disciplinas específicas à formação do naturólogo envolvendo outras técnicas tradicionais porém não mais convencionais como: terapias orientais chinesas, ayurvédicas (indiana), vibracionais e antroposóficas, técnicas de meditação, arte integrativa,  aromaterapia,  hidroterapia,  massoterapia,  fitoterapia,  reflexologia, iridologia, essências florais e vibracionais, nutrição e dietas naturais, entre outras.

Os campos para a aplicação destes conhecimentos incluem instituições hospitalares, casas de saúde, postos de saúde, casas de repouso, estâncias hidrominerais, spas, empresas privadas, organizações não-governamentais e eventos.

Houve grande expansão desta profissão e países como o Canadá, Portugal, França, Itália e Inglaterra contam com a Naturologia como uma ferramenta de bem-estar e qualidade de vida.

A Naturopatia na abordagem da Chikitsa Vidya (integrada a Brahma Yoga Vidya e a Shakti Vidya) inclui um conhecimento extra, trabalhando com 3 tipos principais que se forma 7 tipologias que se subdividem ainda, pois cada tipologia possui também as demais. Assim, há no total geral (porque cada pessoa é única e tem um diferencial) de 49 subtipos de distúrbios energéticos gerais. Cada subtipo também terá suas especificações que, então, são verificadas de pessoa para pessoa.

Também nesta abordagem percebe-se a pessoa,também como setenária, ou seja um ser com 7 corpos, um corpo físico, 5 corpos sutis e seu Eu real. Assim, a doença (física e psíquica) é concebida geralmente por uma a três causas gerais:

. devido a um desequilíbrio vindo dos corpos superiores para os inferiores pelas ações (percepção, emoção e ação) não conscientizadas ou ações apegadas na vida (Karma pessoal),

. devido a um semi ou total desligamento com a alma e a consciência ‘pessoal’ superior ou ‘cósmica’ ou da Lei (Dharma) aqui inclui o não entendimento e realização do propósito de tal vida (dharma pessoal)

. devido a inadequação da mente sutil e/ou do corpo a vibração do ambiente (vibracional) (karmas pessoais e coletivos de civilizações anteriores a atual).

 

Outro método e/ou conhecimento (um sistema de sabadoria) muito utilizado, e também constituindo a base para os outros, é a Taumaturgia:

 

Técnicas APLICADAS no curso :

. Terapias corpo-mente: métodos mais ‘energéticos’ da Medicina Ayurvédica, Medicina Chinesa

. Terapias sutis: terapia prânica, Chi Kung Cósmico, técnicas xamanicas, radiestesia e radiônica

. Terapias muito sutis: teurgia e taumaturgia (incluindo a Cura Esotérica ou Espiritual (também chamada de Medicina oculta, esotérica, espiritual encontrada também na obra de A. Bailey – é chamada assim porque atinge todos os 7 corpos, a alma e até a mônada/espirito).

. Meditação ou visualização ativa ou diretiva – indução de imagens mentais, incluindo yantras (formas harmônicas) para acesso ao nosso mundo interior

. Meditação ou visualização criativa – recepção de imagens simbólicas do nosso inconsciente ou mente sutil e supra sutil.

. Sintonia Ativa – indução de imagens mentais arquetípicas das consciências e forças superiores

. Mantras – palavras, sílabas, frases e contemplações que tem o poder de remover os condicionamentos, proteger e empoderar a mente.

. Pranayama – exercícios de controle da respiração e energia (prana ou chi)

. Sequencias de Posturas Harmônicas – Asanas (posturas do Hata Yoga) I Chuan (formas sequencias do Chi Kung e Tai Chi Chuan)

. Mudras – gestos simbólicos feitos com as mãos para o controle da energia

Para os níveis mais avançados da Raja Yoga Terapia:

. Meditação samatha (serenidade / cultivo da energia) – concentração respiratória e concentração pura para e estados de absorção meditativa (dhyana), plena atenção (o poder e sabedoria do agora, do estar presente sempre)

. Meditação complemplativa – vipassana (insight – intuição / cultivo da sabedoria) – concentração contemplativa e concentração analítica para os estados de meditação de insight ou meditação do verdadeiro discernimento e percepção.